Roteiro Machu Picchu

Postado por Flávio Coutinho - 30 de outubro de 2014 - Turismo - Nenhum Comentário

roteiro-machu-picchu-1

Alega-se que Machu Picchu foi construída por volta de 1450 e sabe-se que pertencia ao Império Inca, que se estendeu do Chile ao Equador antes de ter sido erradicado pelos espanhóis no século 16. Um dos muitos mistérios intrigantes do lugar é a maneira como os incas carregaram  tantas pedras para construí-lo. A própria montanha era rica em granito e uma das muitas técnicas geniais e interessantes usadas pelos incas foi a de encher as fissuras naturais das pedras com água, para que dessa maneira quando a noite chegasse e a temperatura caísse o líquido congelasse e se expandisse, o que aumentaria as rachaduras e facilitaria a extração.  Estudiosos do assunto acreditam que o meio dessa montanha era um local secreto para cultos religiosos, no entanto o arquiteto peruano Oscar Zereceda, no livro Machupicchu – Universidad Inka, defende a tese de que o lugar teria sido uma espécie de universidade de astronomia e de técnicas agrícolas. A única certeza sobre o lugar é a de que nenhum colonizador espanhol a conheceu. O Portal Sul era a entrada principal e ele separava o setor urbano do rural. O bairro nobre, lar de oficiais, parentes do imperador e sacerdotes ficava na parte alta da cidade, enquanto que a parte baixa era o bairro popular, morada de camponeses, artesãos e professores. A Praça Central era como um pátion interno, onde rolavam as festas e um ponto estratégico para observações astronômicas era o pico Huayna Picchu (montanha jovem), ligado à cidade através de uma escadaria íngreme. Entre as muitas divindades da natureza adoradas pelos incas, o Sol era o mais popular. Ele era representado em muitos ornamentos de ouro e o Templo do Sol, principal de Machu Picchu, tinha duas janelas posicionadas para receber os primeiros raios solares que entravam na cidade nos dias que marcam o início do verão e o inverno. A rede de água começava onde nascia a água potável, nas montanhas e a engenharia hidráulica inca, super avançada, cuidava de distribuí-la por canais e pequenas fontes de pedra.

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *