Algumas Mentiras Sobre Videogames

Postado por Flávio Coutinho - 25 de outubro de 2014 - Jogos - Nenhum Comentário

algumas-das-maiores-mentiras-sobre-videogames-3

Quantas vezes você já escutou que “videogames fazem mal”? Mesmo com a popularização dos consoles, a histeria das donas de casa com os jogos do Facebook e o sucesso dos casual games, o preconceito continua. Esse tipo de acusação já caiu sobre música, sobre quadrinhos e também sobre livros. Repassando os ideais de Fred Di Giacomo, apresentaremos contra-propostas (algumas bizarras) sobre argumentações principais, veja só.

Videogames Estimulam o Comportamento Violento

Assim como quadrinhos foram censurados, RPGs foram acusados de incentivar rituais satânicos e houve quem matasse “inspirado” em Ozzy Osbourne. Não dá para negar que existem jogos violentos e eles são clássicos, no entanto, existe um artigo de Harvard que mostra não haver ligação entre os games e as taxas de homicídios.

algumas-das-maiores-mentiras-sobre-videogames-

Diminuem seu QI

Não existem estudos que comprovem isso e segundo uma reportagem da ABC, eles podem inclusive estar deixando as crianças de hoje mais espertas.

Atrapalham os Estudos

Esse é o argumento de uma boa parte das mães. No entanto, um estudo da Universidade de Granada mostrou que jogar videogame na medida certa pode influenciar de maneira positiva a educação de crianças e adolescentes.

São Coisa de Criança

Isso pode ser novidade, saber que a maior parte dos que jogam videogame hoje são adultos.

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *