Tipos de Vegetação do Brasil

Postado por Flávio Coutinho - 18 de dezembro de 2014 - Natureza - Nenhum Comentário

O Brasil conta com uma série de vegetações, e dentre as principais que podemos citar temos a Floresta Amazônica, a mata dos Cocais, a Mata Atlântica, as Matas de Araucárias entre diversos outros tipos de vegetação. Apesar do Brasil ser um país muito rico em biodiversidade, sofre consideravelmente com a devastação, por isso conheça a seguir um pouco mais sobre as formações vegetais do Brasil e a importância que eles possuem para o meio ambiente.

A Mata Atlântica

tipos-de-vegetacao-do-brasil-1

Esta se estende desde o estado do Rio Grande do Norte até o Rio Grande do Sul, ela fica localizada juntamente ao litoral e inclusive quase sem algum tipo de interrupções. Na região temos uma predominação de climas quentes e úmidos, com verões que são mais brandos surgindo nas encostas de serras litorâneas. Este tipo de formação vegetal é bastante densa e ainda é muito emaranhada com uma grande variedade de vegetais que são adaptados para ambientes úmidos e ainda perenes. Devido a toda a sua localização geográfica temos a formação vegetal brasileira que mais sofre degradações, principalmente nos trechos que são mais elevados de relevo. Podemos citar que todo este tipo de impacto ambiental nada mais é do que uma série de consequências da intensa urbanização e também da industrialização que acontecem no Brasil até hoje.

A Mata de Cocais

tipos-de-vegetacao-do-brasil-

A Mata de Cocais é um bioma bastante interessante e diferenciado, esta que abrange regiões dos estados do Maranhão e Piauí (Meio-Norte) mas acaba aos poucos se distribuindo para outras regiões como por exemplo o Ceará, Rio Grande do Norte e Tocantins. A região fica localizada em uma zona de transição entre os ecossistemas existentes da Floresta amazônica e ainda da caatinga. Sua classificação vem como uma formação florestal mas na verdade é uma formação vegetal secundária devido ao seu desmatamento acentuado. Através deste tipo de ecossistema existem dois tipos de palmeiras considerados mais importantes para a economia do local.

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *