Como Conservar Peças de Couro

Postado por Flávio Coutinho - 31 de agosto de 2012 - Roupas - Nenhum Comentário

Na hora de escolher uma roupa ou compor um look, seja para um dia especial ou mesmo para o dia a dia, é comum ficarmos confusas, e isso, às vezes, dispensamos aquela primeira ideia de combinação, optando sempre pelo mesmo look básico ou comum de sempre. Isso acontece não porque não temos bom gosto ou por falta de informação sobre o que elegante ou não, mas por não ter a certeza de que determinada peça combina ou não com a outra.

A moda, na verdade, é feita de ousadia e experimentações, além de muito estudo sobre o comportamento das pessoas e o que as fazem sentir-se bem, é claro. Por isso, é fácil afirmar que, no que se refere ao mundo da moda, o que vale é experimentar – provar de tudo o que faz seu estilo – para, assim, ter certeza daquilo que cai bem no seu corpo e no seu jeito de ser.

Uma das composições que gera esse conflito são aquelas que misturam diversos materiais com peças feitas a partir do couro, principalmente a moda atual, que tem explorado demasiadamente o uso das calças e saias de couro. Contudo, vale sempre lembrar dessa dica: antes de se preocupar em como combinar essa peça, pense em mantê-la bem conservada, afinal, botas, bolsas, jaquetas, cintos, enfim, qualquer peça de couro é atemporal e dura praticamente a vida inteira. A boa conservação pode garantir não só vida longa ao seu guarda-roupa, como também a beleza dele.

O Que é Couro?

Peça de Couro

Peça de Couro

As peças de couro são materiais muito resistentes e podem atravessar gerações se bem conservadas. Trata-se de um material orgânico (a pele de um animal) que recebe tratamento específico para que interrompa o seu processo de deterioração. Atualmente, não é apenas o couro de vaca/ boi (o mais comum) que é utilizado na indústria têxtil, mas também o de cobra, o de jacaré, enfim, vários outros animais têm emprestado sua “estampa” para a composição de nossos guarda-roupas.

Como Conservar o Couro

É muito comum surgirem dúvidas quando falamos da limpeza e da conservação das peças de couro, afinal não é qualquer material que podemos colocar em cima dele! Por isso, muitos consultores de moda ou outros entendidos de moda garantem que o ideal é que a limpeza seja feita em uma lavanderia especializada. É claro que aceitamos a ideia de bom grado, mas é claro que há dicas que podemos pôr em prática em casa mesmo, podendo, assim, poupar tanto o nosso dinheiro como o nosso tempo.

1 – A primeira dica é muito simples: Leia as instruções! Qualquer peça de couro, quando de boa procedência, vem, além da etiqueta, com um pequeno manual ou livretinho com indicações específicas para aquele tipo de couro. Indicações como: o máximo de temperatura que ele resiste, se pode ser lavado com água, além de outras especificações de manuseio.

2 – As peças de couro não podem ser dobradas como fazemos com os tecidos. Essa dica é importante para não deixá-las com marcas de dobra, marcas que podem ser irreversíveis. Por isso, pendure suas peças em cabides, deixando-as estendidas ao máximo. Neste caso, até mesmo os cabides fazem a diferença, então, dê preferência, aos cabides do tamanho exato dos ombros e que sejam mais largos e de madeira.

3 – Deixou sua peça durante muito tempo guardada e quer usá-la amanhã? Se fosse uma roupa qualquer, o ideal seria deixá-la exposta ao sol por algumas horas, porém isso não deve acontecer jamais com uma peça de couro. O material é sensível à luz, por isso, se quiser deixá-la “tomando um ar”, faça isso durante a noite.

4 – Quer “blindar” sua peça dentro do seu guarda-roupa? Dispense o saco plástico! O ideal é que a capa seja de material de tecido. Uma boa dica é o TNT, o mesmo material usado para fazer aqueles saquinhos para guardar sapatos. São práticos e baratos!

5 – As peças de couro precisam “respirar” mais do que as peças feitas de algodão e tecidos sintéticos. Por isso, é recomendável que elas recebam um “arzinho” pelo menos a cada seis meses, isso em regiões mais secas. Quando a região é úmida ou mesmo a casa for um pouco mais úmida, é aconselhável que seja feito, no máximo, a cada três meses.

6 – E se manchou sua peça, derrubou alguma comida ou simplesmente “apareceu” por ali e é de origem desconhecida? Não desmerecendo as dicas das nossas avós, mas se você gosta muito da peça, não faça experiências. Delegue a missão a um profissional que saiba tratar das peças. Muitas das manchas em couro, quando não são tratadas de forma correta, podem proliferar fungos e bactérias, se alastrando por toda a peça e até para o resto de seu guarda-roupa.

7 – Molhou a peça? É simples, deixe secar! Não ao sol, mas à sombra. É Válido lembrar que não basta algumas horinhas para que a peça seque totalmente, a secagem do couro é um processo um pouco mais lento, principalmente em regiões mais úmidas. É possível que demore até 5 dias, por isso certifique-se de que ela está totalmente seca antes de voltar com ela para o guarda-roupa.

Como Conservar Peças de Couro

Como Conservar Peças de Couro

8 – Quanto à lavagem, também foge às regras das roupas comuns. Ele pode ser lavado a cada seis meses (se usado com muita frequência) ou quando estiver aparentemente sujo. Do contrário, basta ficar exposto ao vento!

*Obs: As dicas também servem para a camurça!

Dicas Para Hidratar as Peças de Couro

Produto Indicado Para Hidratar o Couro

Produto Indicado Para Hidratar o Couro

Outra forma de deixar o couro sempre bonito e vistoso, é hidratá-lo. Aliás, é isso o que fazem na lavanderia toda vez que você deixa a sua peça lá para ser limpa! Há pessoas que acabam lançando mão do próprio hidratante de corpo para deixar o couro mais hidratado. Não faça isso! Num primeiro momento ele irá ficar lindo mesmo, mas com o tempo será possível perceber alguns sinais de ressecamento mais acentuados. Sendo assim, uma boa dica é aplicar vaselina líquida com a ajuda de um tecido. Normalmente os tecidos acabam absorvendo todo o produto, mas se isso não acontecer, basta retirar o excesso com outro tecido.

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *