Conheça as Características da Arquitetura e da Decoração Moderna

Postado por Flávio Coutinho - 1 de fevereiro de 2013 - Decoração - Nenhum Comentário

Definir um perfil arquitetônico predominante em uma determinada época é algo muito abrangente e às vezes nem é possível fazer tal definição. No entanto, a partir de alguns traços percebidos no meio urbano, algumas características se destacam mais. É evidente que as construções mudam consideravelmente à medida que os anos passam, basta perceber as casas de bairros antigos e compará-las a um grande centro urbano, por exemplo. Isso se deve às mudanças sociais que ocorrem constantemente, tais como aumento populacional, taxas de desenvolvimento, de poder econômico da população e vários outros índices que fazem um verdadeiro raio-x de uma sociedade. Você verá agora quais os tipos de decoração e construção que estão sendo mais usados entre os profissionais do ramo nos tempos atuais. Confira.

Necessidade

Decoração em Pouco Espaço

Decoração em Pouco Espaço

A grande necessidade do milênio é espaço. A população mundial atingiu a marca de 6 bilhões de pessoas no ano 1999, segundo a ONU, e um número ainda mais impressionante foi alcançado neste ano de 2012: 7 bilhões de pessoas vivem na Terra. Toda essa gente precisa de lugares para viverem, e as cidades são os locais mais procurados. Com isso, os rumos da arquitetura e da decoração foram mudando e chegaram ao perfil de hoje, onde espaço disponível está cada vez mais caro e virando sinônimo de luxo, e os quintais enormes de casas simples estão desaparecendo. Isso não quer dizer que o mundo mudou drasticamente nesta década, mas há um novo rumo. Ainda há casas enormes, mas a maioria da população emergente tem de viver em soluções práticas de construção.

Na Decoração

Decoração Moderna

Decoração Moderna

Casas e apartamentos estão menores. Dessa forma, para se obter conforto e beleza, as soluções e arrumações sofreram mudanças. Em uma sala ou um quarto pequeno, por exemplo, apostar em diferentes cores na parede é uma boa ideia. Três delas podem ser pintadas em um tom, e a última recebe uma cor diferente para que o lugar fique mais tridimensional, e não quadrado. Dessa forma, a pessoa terá uma impressão de continuidade, amenizando a falta de espaço. Os móveis também mudaram. Eles agora não preenchem toda a parede, como os de antigamente. Os racks ganharam formas mais horizontais, deixando a parede mais limpa e livre para que o ambiente não fique tão “preenchido”. Isso, porém, não quer dizer que as peças verticais sumiram. Elas agora vêm em painéis de madeira presos à parede que abrigam, em uma única peça, a TV, aparelhos de DVD, receptores de canais e videogames. São os chamados painéis versáteis, presentes no mercado como nunca antes. Os nichos onde ficam tais aparelhos são uma espécie de retângulo horizontal, que prolonga a vista da pessoa que está na sala. Basicamente o perfil decorativo aposta em linhas deitadas e prolongadas. O tapete segue o mesmo raciocínio. Os listrados estão em alta e acompanham a cortina, almofadas e outros objetos pequenos para que o espaço fique harmônico.

Cozinha

Cozinha Moderna

Cozinha Moderna

Como a cozinha é um ambiente muito delicado, por ser onde se produzem os alimentos, suas características passaram a contar com mudanças mais efetivas, e não somente de móveis e cores. Nos projetos modernos, elas estão vindo integradas com a sala de jantar ou com a copa. Dessa forma, une-se um ambiente ao outro, fazendo com que os dois ganhem espaço e a casa fique mais ampla e arejada. No entanto, é preciso que haja algum divisor entre os ambientes. Pode ser um balcão de pedra, uma ilha ou mesmo um portal. Isso porque a cozinha exala odores de comida e gordura, o que não pode se espalhar pela área social da casa. A ideia é fazer com que a pessoa que está cozinhando tenha acesso às que estão esperando pela refeição na mesa, e assim podem conversar. Essa medida traz inúmeros benefícios: a casa, normalmente pequena, ganha um cômodo a mais para se receber visitas; refeições rápidas podem ser feitas no balcão mesmo, basta decorá-lo de forma moderna e prática. O mercado oferece bancos do tipo pirulito para esse tipo de ambiente. Para que o cheiro de cozinha não vá para outros lugares, é preciso instalar um depurador, ou exaustor, ou coifa. Cada um tem diferentes opções, mas todos eles tornam o ar mais limpo e purificado.

Loft

Loft Moderno

Loft Moderno

O loft é uma grande tendência de construções modernas. Ele segue basicamente a mesma ideia da cozinha citada acima, comumente chamada de cozinha americana, só que faz o mesmo conceito em toda a casa. Ou seja, o uso de paredes é quase dispensado, visto que os ambientes se integram e se completam. Eles são separados apenas por indícios decorativos, como uma estante que de um lado serve como parede de um quarto, e do outro abriga a TV e alguns objetos decorativos, por exemplo. Os quartos geralmente ficam sobre mezaninos feitos de madeira ou algum outro tipo de material. Esse é justamente o brilho de um loft, os diferentes níveis sendo vistos sem qualquer tipo de barreira. É comum neles também o uso de grandes janelas para a entrada de luz solar, o que garante arejamento e economia de energia elétrica. Para um mundo onde espaço está cada vez mais escasso, construir um loft é uma boa opção, embora precise de um investimento maior.

Gesso

Gesso

Gesso

O gesso é muito usado na decoração. Ele compõe estantes de cozinhas com vários nichos, forros e até paredes. Todos sabem que alvenaria faz bastante bagunça e requer muita mão-de-obra, e como solução, as paredes de drywall, feitas à base de gesso, são compradas já prontas. É bem mais prático. Todos esses segmentos apresentados aqui ajudam a diminuir o stress contemporâneo, a “esconder” a falta de espaço e a decorar com mais elegância e praticidade.

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *