Como o Bumerangue Volta para o Mesmo Lugar?

Postado por Flávio Coutinho - 11 de julho de 2014 - Esportes - Nenhum Comentário

como-o-bumerangue-volta-para-o-mesmo-lugar-2

Ele faz uso de uma tecnologia simples e funcional, mas para que funcione, precisa ser lançado na vertical girando rápido e com o eixo – parte de baixo do “V” – para trás, assim ele voará bonito e voltará para as mãos do lançador. O ideal é inclinar o bumerangue caso o vento esteja muito forte – canhotos inclinam para a esquerda enquanto que destros inclinam para a direita. Com faces planas e arredondadas, ele se parece com a asa de um avião, ajudam a cortar o vento girando por mais tempo no ar. As hastes têm perfis mais grossos para facilitar o giro, posicionados em lados opostos. Dessa forma, a haste superior terá sempre o perfil grosso encarando o vento. A velocidade do topo – que gira para a frente acompanhando o movimento do bumerangue – sendo sempre maior que a parte de baixo. Isso aumenta a pressão em cima, inclinando o bumerangue a cada volta. Devido ao efeito giroscópico, o bumerangue faz curvas – tal efeito é o mesmo que atua na roda de uma moto em alta velocidade. A tendência do eixo é manter o equilíbrio vertical enquanto ele gira. Porém, ao girar inclinado, ele acaba fazendo a curva, da mesma maneira que um piloto inclina a moto para virar à direita (ou esquerda). Pode acontecer algum acidente na hora de receber o bumerangue, por isso além de muita atenção, a forma mais segura de recepcioná-lo é juntando as palmas das mãos enquanto ele estiver girando fraco e na altura do peito.

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *