10 Maneiras Efetivas de aprender Matemática em Casa

Postado por Flávio Coutinho - 6 de julho de 2017 - Escolar - Nenhum Comentário

Conheça dez formas diferentes de se aprender matemática com prazer e no conforto do lar

 O desenvolvimento das habilidades em matemática pode parecer para uma criança algo desgastante, demorado e, por vezes, chato. Contudo não precisa ser assim. Há muito tempo já é sabido que qualquer assunto pode ser sim aprendido de forma atraente quando adaptado, introduzido e incorporado ao campo ou universo de interesse do estudante, seja ele de qualquer idade.

Maneiras Efetivas de Aprender Matemática em Casa

Maneiras Efetivas de Aprender Matemática em Casa

A seguir, separamos uma lista com os dez melhores métodos interativos para aprender esse que é um conhecimento indispensável nos dias de hoje e que está tão atrelado a novas invenções, números e tecnologias. Confira!

1. Utilize a matemática para ganhar nos jogos de tabuleiro

Essa pode ser uma grande surpresa, mas alguns brinquedos aparentemente inocentes como os jogos de tabuleiros podem ser uma excelente ferramenta para entender conceitos matemáticos e, o melhor, sem se dar conta disso. Crianças, adolescentes e até mesmo adultos são incentivados a pensar temas como espaço, tamanho, além de outras habilidades como contagem, sequência, observação geométrica, lógica e estratégia. Para tanto, jogos simples, em formato digital ou não, costumam ajudar. Entre eles estão os jogos de banco imobiliário, labirinto, jogo da velha e xadrez. Todos esses são muito divertidos e conseguem estimular a curiosidade e memória.

2. Diga não a guerra, mas aprenda a jogar Batalha Naval

Quem nunca ouviu falar do jogo Batalha Naval? Esse é um jogo bastante conhecido onde os jogadores posicionam e delimitam vários objetos dentro de uma área, geralmente, separada em quadrantes. Através das partidas os participantes não só trabalham proporções, tamanhos, geometria, como também noções de espaço, entre outros. Quer uma ajudinha? Contrate aulas de matemática online.

3. Aguce o raciocínio com Quebra Cabeças

O jogo de Quebra Cabeças de peças complementares tem como objetivo formar uma imagem final e é realmente uma ótima maneira de aprimorar o raciocínio espacial, e se familiarizar com diferentes tamanhos e modelos. Outras habilidades como ordenação e sistematização de sequências também são estimuladas pelo jogo.

4. Conheça os jogos de montar

Independentemente do material utilizado, desde plástico ao papel, os jogos de montar e construir ajudam a desenvolver capacidades básicas de geometria e engenharia. Com as tentativas e erros, também vêm noções de sequência, forma e tamanho.

5. Jogue no supermercado

Uma boa maneira de estimular o uso da matemática é contextualizando-a no dia a dia. Um supermercado, por exemplo, se transforma em uma verdadeira aula sobre cálculos, incluindo adição, subtração, peso, etc.

6. Planeje os gastos

Mais uma vez a matemática se mostra indispensável para o bom gerenciamento do dinheiro. Os pais podem utilizar a própria mesada do filho para pensar sobre como o dinheiro renderá mais. Além disso, as crianças mais interessadas logo ficam excelentes em contas, e passam a calcular para saber quando poderão finalmente comprar produtos mais caros com o dinheiro economizado.

7. Use mapas

Com a utilização de novas tecnologias a tarefa de medir a distancia de lugares se tornou bem mais simples. Porém, os mapas podem introduzir noções de distância aos estudantes e estimular o pensamento lógico com o prazer de conhecer novos cantos e, por que não, ver as fotos mais turísticas também.

8. Desperte a matemática do esporte

Na infância, a paixão para os esportes é despertada naturalmente. Seja este futebol, natação, tênis ou ping pong, o que a competição nos ensina é que é preciso calcular para saber o vencedor. A quantidade de gols, probabilidade de vitória e noção de tempo também podem ser trazidas para a conversa.

10. Prepare um prato especial

Para terminar nossa lista, nada melhor do que falando de comida. Na cozinha o fator mais importante para preparar um bom prato é saber a quantidade certa de cada ingrediente. Não é mesmo? Medidas em litros e gramas costumam estar presentes em qualquer receita. Também é preciso saber multiplicar para que não falte para ninguém e dividir, caso alguém chegue de última hora. Assim ninguém ficará com fome.

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *