Onde é que Dói ao Tatuar?

Postado por Flávio Coutinho - 17 de abril de 2014 - Arte - Nenhum Comentário

onde-e-que-doi-ao-tatuar-4

O que classifica um região como mais dolorosa e sensível ao ser fazer uma tatuagem é a localização próxima a proeminências ósseas e também nos tendões, como é o caso das mãos e dos pés, onde os feixes nervosos são mais superficiais ou onde o tecido gorduroso é mais escasso. Fora dessas condições a intensidade da dor pode variar bastante de pessoa para pessoa, já que cada um consegue suportá-la de forma diferente. O processo de tatuar costuma doer porque deixa uma leve lesão em duas camadas da pele: a derme e a epiderme. As células da derme consegue fixar a tinta por serem mais estáveis de forma que o desenho permaneça nítido por bastante tempo.

Algumas Regiões e a Intensidade da Dor Nelas

onde-e-que-doi-ao-tatuar-

Pernas e braços – a pele é delicada na face interna dos dois membros, faça o teste, dê um beliscão e você terá noção de como serão as agulhadas.

Mãos e pés – a pele é mais fina no dorso dos membros e dessa forma, as terminações nervosas ficam mais superficiais e expostas às agulhadas.

Costela – nessa região o problema são os ossos, principalmente quando a pessoa é magra. Há ainda nervos que passam por ali.

Tornozelo – se comparada às outras partes do corpo, a dor nessa região é moderada, apesar de a pele ficar mais perto do osso, o que pode criar um atrito.

Virilha – há uma tendência crescente em tatuar essa região, onde há vários nervos que vão para as áreas genitais e que são extremamente sensíveis. Como a pele por ali também é mais rala, a dor acaba sendo maior.

Rosto – a face é sensível desde a testa até a região mandibular por causa do nervo trigêmeo e quem já tatuou nessa região conta que ao chegar perto da boca, a dor é quase insuportável.

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *