Como a Vida Contemporânea Favorece o Desprendimento Afetivo

Postado por Flávio Coutinho - 22 de março de 2013 - Cotidiano - Nenhum Comentário

como-a-vida-contemporanea-favorece-o-desprendimento-afetivo-8

Pensando nas mudanças que ocorrem constantemente em todos os âmbitos, vale a pena refletir a respeito de nossa vida afetiva, afinal será que temos dado o devido valor aos nossos relacionamentos? A partir de agora faremos alguns aprofundamentos acerca de nossos relacionamentos e em relação às pessoas com que mantemos alguma ligação, afinal é impossível se isolar de tudo e viver em solidão, sem manter nenhum tipo de relacionamento, concorda?

Relações Afetivas x Intimidade

como-a-vida-contemporanea-favorece-o-desprendimento-afetivo-7

Será que quando mantemos algum tipo de relacionamento com alguém, podemos nos considerar íntimo dessa pessoa? Na realidade, estamos cercados por pessoas com as quais acabamos desenvolvendo alguns laços, por isso iniciamos diversas relações afetivas durante a nossa vida, mas isso não significa que somos íntimos dessa pessoa. Intimidade significa ter um relacionamento mais estreito, significa que você se sente seguro(a) ao compartilhar seus pensamentos, conflitos e os segredos que não é capaz de contar para quase ninguém. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, intimidade é uma questão tão pessoal, que mesmo que você tenha convivido com os seus pais por muitos anos da sua vida, isso não quer dizer que vocês sejam íntimos, pois muitas vezes você não se sente a vontade para partilhar determinados acontecimentos de sua vida.

Relações Afetivos x Relacionamentos Virtuais

como-a-vida-contemporanea-favorece-o-desprendimento-afetivo-20

As relações afetivas foram tomando outro rumo com a chegada de alguns recursos tecnológicos. Inicialmente, se quiséssemos estabelecer alguma relação com alguém, independente do nível da relação, tínhamos que manter contato com essa pessoa de algumas formas: por meio de ligações telefônicas, cartas, ou, o principal, mantendo o contato pessoal. No entanto, com a chegada da internet alguns recursos vieram para facilitar a comunicação, mas será que eles desenvolvem e mantém relacionamentos verdadeiros e saudáveis? Pensando nessa questão, as opiniões divergem, afinal muitas pessoas, principalmente as mais jovens, acreditam que os recursos tecnológicos aproximam as pessoas, fazem com que elas tenham ainda mais contato e mantém um relacionamento ainda mais sólido. Enquanto isso, há quem acredite que os recursos até podem facilitar o contato entre as pessoas, mas ao mesmo tempo acaba dificultando o contato físico, que é fundamental para fortalecer uma relação afetiva.

Os Relacionamentos Construídos Virtualmente Podem se Solidificar?

como-a-vida-contemporanea-favorece-o-desprendimento-afetivo-21

Após termos aprofundado na questão das mudanças que ocorreram nos relacionamentos afetivos, que tomaram outros rumos após a chegada de algumas ferramentas tecnológicas, chega o momento de refletir sobre a possibilidade de construirmos relacionamentos sólidos a partir do contato estabelecido por meio dos recursos tecnológicos. Mais uma vez as opiniões divergem, afinal há quem diga que é impossível conhecer uma pessoa somente por um diálogo virtual. No entanto, provavelmente você conhece, ou ao menos ouviu falar, de algum casal que se conheceu por meio de um site de relacionamentos e a relação foi ficando tão séria que após algum tempo eles acabaram mantendo um relacionamento real, que quem sabe terminou até em um casamento. Portanto, não há como afirmar que um relacionamento virtual possa progredir, até porque algumas pessoas utilizam as redes sociais para mentir, ou seja, demonstram interesse por alguém, mas o tempo todo contam mentiras a respeito de tudo, o que impede que o relacionamento tenha progresso, ou mesmo dá inicio a um relacionamento cercado de mentiras e conflitos.

Se você é adepto (a) as redes sociais tenha cuidado! Especialistas afirmam que o ideal é que você tenha alguma referência sobre a pessoa por quem você está interessado (a). No entanto, caso você se interesse por alguém que nunca viu na vida, não tem referências concretas, tome muito cuidado, pois você poderá ser enganado(a) e poderá se envolver em graves problemas.

Portanto, prefira se envolver com pessoas “reais”, mas caso isso não ocorra, procure não marcar encontros em locais isolados, pois nos lugares públicos você estará correndo menos riscos. Além disso, não se envolva inicialmente, pois nada garante que o relacionamento irá para frente; nem fale muito sobre você, pois a internet está rodeada de pessoas com más intenções.

Desprendimento Afetivo

como-a-vida-contemporanea-favorece-o-desprendimento-afetivo-24

Agora, chega o momento de refletir sobre o desprendimento efetivo, mas não há como refletir nessa questão sem conhecer o real sentido da palavra desprendimento. De acordo com o dicionário online de português (www.dicio.com.br), desprendimento é o ato ou efeito de desprender. Desapego a coisas materiais e preocupações egoísticas; abnegação, altruísmo. Independência com relação a coisas, situações ou pessoas. Pensando na definição das palavras, podemos ver que o desprendimento afetivo está relacionado ao desapego, ou seja, ao ato de não valorizar os relacionamentos que constituímos ao longo da vida. Na realidade, não estamos afirmando que você, prezado internauta, não saiba valorizar seus relacionamentos, mas trazemos a tona uma questão muito importante: Como será que agimos com nossos relacionamentos afetivos frente as redes sociais? O que acontece é que com a disponibilidade das redes sociais as pessoas acabam expondo muitas coisas pessoais. Além do status, que diz acerca do estado civil do internauta, as pessoas acabam publicando fotos de momentos especiais com a pessoa amada, tornam públicas declarações de amor, entre outras coisas que basicamente dizem respeito somente ao casal.

Ao expor a vida pessoal, as pessoas acabam se esquecendo, ou não se dão conta, que o mundo inteiro tem acesso ao que está na Internet. Portanto, se alguém quiser fazer investidas contra o seu relacionamento, será fácil descobrir detalhes sobre os gostos, personalidade, lugares que frequentam, enfim, tudo sobre a intimidade do casal.

como-a-vida-contemporanea-favorece-o-desprendimento-afetivo-16

Além disso, as pessoas acabam não considerando a possibilidade que um relacionamento pode ter fim, e quando isso acontece muitos rapidamente postam a informação nas redes sociais, o que rapidamente será acessado por diversos internautas. Portanto, somente com alguns fatos podemos ver como alguns recursos têm favorecido para um desprendimento na vida contemporânea, já que com alguns clicks as pessoas mandam embora fotos de momento importantes e, mais que isso, tiram de suas vidas pessoas que anteriormente significaram muito.

E você o que acha de tudo isso? Será que as redes sociais e os demais recursos tecnológicos têm sido ferramentas que nos aproximam ou estão prejudicando o desenvolvimento das relações afetivas?

 

 

 

 

 

 

 

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *